Browsing Category

#qualoseurefugio

#qualoseurefugio

Seja seu Refúgio

seja-o-seu-refugio-ideias-da-fe

Até o momento deste projeto ligamos nos textos a palavra refúgio a alguma coisa ou lugar. Claro que é bom ter alguém naqueles momentos de tormenta. Mas se não tivermos ninguém a nossa volta ou não pudermos ir a um lugar que elegemos para refugiar-se? O que faremos? Nos desesperamos e deixamos que a negatividade nos envolta por completo?

Não, meu amigo que me lê!

A vida, Deus, destino ou o que quer que você acredite… nos deu o que mais o ser humano tem de precioso: a fé e a esperança. Então nos instantes que achar que essa situação ruim não vai mudar ou que nada vai dar certo, respire profundamente, tenha calma e repita uma frase com firmeza:

HOJE VOU TER UM DIA INCRÍVEL! FALAREI COM PESSOAS BOAS E PESSOAS BOAS FALARAM COMIGO!

Garanto que mesmo tendo um dia péssimo, você terá forças e positividade para enfrentar essas dificuldades cotidianas que te afligem.

Não estou dizendo para se enclausurar como um urso polar no inverno e não falar com ninguém. Por que nós precisamos nos socializar, faz parte da nossa espécie Homo Sapiens. Entretanto, não se apegue completamente a uma pessoa ou a um lugar, por que um dia infelizmente esse querido indivíduo vai embora pelo tempo ou por uma falha e esse local não existirá mais.

   

Para finalizar eu digo uma coisa que temos que fazer às vezes:

SER O PRÓPRIO REFÚGIO!

#qualeoseurefugio


  Guinho e eu criamos a hashtag #Qualoseurefugio para trazer positividade diante tanta maldade e tristeza presente no mundo, no dia a dia. Queremos que você se sinta abraçado(a) por nossas palavras e veja que não está sozinho(a). Estamos juntos nessa batalha para ser feliz, e vamos enfrentar tudo isso juntos! <3

Sobre o blogueiro: Com 30 anos, Guinho Monteiro, nascido em Taubaté – capital da literatura infantil -, ainda guarda sua alma de menino sonhador. Além de escritor e professor de português, tenta fotografar nas horas vagas e também é responsável por um blog, onde divulga autores nacionais. Apesar de escrever há 15 anos, apenas publicou seu primeiro livro “Laços de Casamento” em 2015. Desde então, vem tentando mostrar seu lado gentil e bom através dos personagens e histórias que cria.

Blog Presente Dos Livros: https://guinhomonteiro1987.blogspot.com.br/

Fan-Page: https://www.facebook.com/igormonteiroguinho263/

Instagram: @igormonteiroguinho   

#qualoseurefugio

Lugares que são o seu refúgio

refúgio-lugares-ideias-da-fe

Como nós já mencionamos no projeto: pensamentos, pessoas ou coisas são o nosso refúgio, mas por que não acrescentar os lugares nessa lista? Por que existem locais que só de estarmos neles amenizamos nossa rotina do dia-a-dia, ficamos tranquilos para pensar na solução de um problema ou simplesmente extravasar uma raiva contida. Mas isso depende muito de como somos, do momento em que estamos ou dos gostos que temos.

Pense nos dias de chuva quando dá vontade de não sair da cama e ficar no quarto, maratonando série. Ou se você não tem Netflix, rememorar em silêncio os bons instantes que passou com uma pessoa querida.  

Agora vamos para um domingo com tarde ensolarada, você vai sozinho ou acompanhado até uma praça, compra um sorvete napolitano e conversa com essa pessoa sobre a vida, futebol ou simplesmente o último livro que leu. Se você está sozinha, só te resta observar as pessoas e admirar a maravilha de ser um humano.

Mais uma semana cansativa e estressante se passou, que tal uma balada, hein? A música alta que faz seus pés e o corpo remexerem na pista de dança, as conversas ao pé do ouvido com um companheiro de noitada ou um novo ‘ficante’.

O fim de mais um ano se aproxima, você foi para a praia nas férias e em um momento de quietude, se aproxima da beira do mar, fecha os olhos e escuta as ondas acariciando as rochas. Aquele barulho te traz tanta calma que suas energias, todas negativas por causa da rotina, se abastecem de positividade e força para enfrentar mais 365 dias pela frente.

Pensamentos, pessoas, coisas e até lugares passam a cada andar do ponteiro do relógio, mas os momentos em que você vive com eles sempre farão parte da sua vida. Então, aproveite-os. Viva intensamente! Busque seus sonhos! Tenha fé em si! E seja feliz! <3   

 

Quero saber de você ao fim desse texto: qual é o seu refúgio?

#qualeoseurefugio

  


Guinho e eu criamos a hashtag #Qualoseurefugio para trazer positividade diante tanta maldade e tristeza presente no mundo, no dia a dia. Queremos que você se sinta abraçado(a) por nossas palavras e veja que não está sozinho(a). Estamos juntos nessa batalha para ser feliz, e vamos enfrentar tudo isso juntos! <3

Sobre o blogueiro: Com 30 anos, Guinho Monteiro, nascido em Taubaté – capital da literatura infantil -, ainda guarda sua alma de menino sonhador. Além de escritor e professor de português, tenta fotografar nas horas vagas e também é responsável por um blog, onde divulga autores nacionais. Apesar de escrever há 15 anos, apenas publicou seu primeiro livro “Laços de Casamento” em 2015. Desde então, vem tentando mostrar seu lado gentil e bom através dos personagens e histórias que cria.

Blog Presente Dos Livros: https://guinhomonteiro1987.blogspot.com.br/

Fan-Page: https://www.facebook.com/igormonteiroguinho263/

Instagram: @igormonteiroguinho   

#qualoseurefugio

Uma pessoa pode ser seu refúgio

uma-pessoa-pode-ser-seu-refúgio-ideias-da-fe

As pessoas são falhas, isso é fato. Muitas já te decepcionaram, te esqueceram ou até não se importam quando você está sentindo mal no momento. Entretanto, no meio de tantas frustrações, felizmente, existem exceções que chegam nos instantes de dor sem você perceber e se transformam em seu refúgio. Essa pessoa foi a minha melhor amiga.

Nós não temos anos de amizade como vemos nos filmes infantis, por que nos conhecemos em 2016 ou somos inseparáveis pois nossas vidas atribuladas não deixam, mas o curioso é que parece que nossa amizade é de vários anos e por isso nos entendemos muito bem.

Assim como eu, ela é escritora e através de um livro de uma autora favorita de ambos, fomos apresentados. Em seguida, me tornei um dos vários de seus amados leitores, porém com o passar do tempo, a adoração do trabalho literário passou para a pessoa e hoje, para a minha felicidade, me tornei o melhor amigo dela.

O começo desse ano foi complicado para mim por que tive muitas mudanças de pensamentos e atitudes e apesar da falta de tempo, ela esteve do meu lado nesses meus momentos de transição. Às vezes me aconselhava com palavras duras e ou doces que me faziam acreditar na amizade sincera e sem interesse. Tinha vezes que não falava nada e uma simples atitude me fazia bem. Como me fazer rir com o seu jeito estabanado, mas muito divertido ou um elogio inesperado que me fazia acreditar em mim mesmo. Para vocês terem uma ideia, ela até me apoiou a conquistar um dos sonhos que eu sempre tive vontade de realizar, mas nunca fui incentivado: ser FOTÓGRAFO.

Muitas vezes nesse ano, devido a decepções, cheguei a perder o jeito que eu tenho em ser bondoso e solicito com as pessoas. Mas só a presença dela, ao vivo ou por redes sociais, me ajudou a não ser corrompido pela mágoa e o ressentimento que eu sentia.

Minha melhor amiga me ensinou muito e continua me ensinando sempre… ela me ensinou que podemos dizer eu te amo para alguém do sexo diferente sem parecer malicioso. Que temos que acreditar em nós mesmos sempre! Que nossos sonhos são maiores que nossos problemas. Que a vida, mesmo nas dificuldades, pode ser engraçada! Que temos que aproveitar todos os momentos, por mais pequenos e insignificantes que sejam! Que nunca devemos ser arrogantes com as pessoas que gostam de nós ou do nosso trabalho! Que, apesar de termos um dom, somos inseguros e imperfeitos! Enfim… esse ano minha melhor amiga foi o meu refúgio. Aliás, se você ler isso, obrigado por tudo! <3  

    

 

Por fim, eu te pergunto a você que leu esse texto: qual é o seu refúgio?

#qualeoseurefugio

 


Guinho e eu criamos a hashtag #Qualoseurefugio para trazer positividade diante tanta maldade e tristeza presente no mundo, no dia a dia. Queremos que você se sinta abraçado(a) por nossas palavras e veja que não está sozinho(a). Estamos juntos nessa batalha para ser feliz, e vamos enfrentar tudo isso juntos! <3

Sobre o blogueiro: Com 30 anos, Guinho Monteiro, nascido em Taubaté – capital da literatura infantil -, ainda guarda sua alma de menino sonhador. Além de escritor e professor de português, tenta fotografar nas horas vagas e também é responsável por um blog, onde divulga autores nacionais. Apesar de escrever há 15 anos, apenas publicou seu primeiro livro “Laços de Casamento” em 2015. Desde então, vem tentando mostrar seu lado gentil e bom através dos personagens e histórias que cria.

Blog Presente Dos Livros: https://guinhomonteiro1987.blogspot.com.br/

Fan-Page: https://www.facebook.com/igormonteiroguinho263/

Instagram: @igormonteiroguinho   

#qualoseurefugio

A literatura me salvou

Todos temos problemas. Isso é fato. E quando uma fase conturbada aparece… sabe onde tudo dá errado?… precisamos de algo para extravasar. É o que chamamos de refúgio. Dependendo do ponto de vista, alguns podem ser nocivos e outros não.

Meu refúgio desde que me conheço por gente foi a literatura. Não digo isso de exagero porque aos quatro anos de idade, mesmo não sabendo ler, folheava revistas que, na minha opinião, se estivesse na mão de outra criança da mesma idade não sobraria nem uma página. Até no antigo ensino fundamental, quando voltava sonhando acordado para casa, imaginava que era um escritor famoso e dava entrevistas para Jô Soares e Marília Gabriela. Entretanto, não fazia ideia que a Literatura ia salvar a minha vida.

Tive certeza disso na adolescência – momento complicado – onde não aceitava os meus defeitos, então queria expor essas frustrações de alguma maneira e usando os filmes como base, comecei a escrever, em 2001, pequenos esboços de como eu queria ser: um protagonista de filmes de ação que acabava com o vilão e beijava a mocinha no final. Mas foi na juventude que a literatura realmente me salvou…

Com o passar do tempo, a frustração em não ser perfeito foi se acumulando e a depressão surgiu de imediato. Na época já escrevia teatros para igreja e continuava a fazer esboços de pequenas histórias, mas o foi meu refúgio para extravasar essa tristeza contida foram as poesias. Elas, para ser sincero, tiveram um tom melancólico e nunca recomendo lê-las, porém me ajudaram muito nos momentos de dor.

Em 2015, já recuperado da depressão e livre da “síndrome da preguiça de ler” que a maioria dos adolescentes tem, entrei no mundo da literatura nacional. Como leitor, tive o prazer de conhecer o meu primeiro livro do gênero: PROCURA-SE da autora Giovanna Vaccaro. Mais experiente nos textos, iniciava, depois de 14 anos de tentativas, a minha primeira obra como autor: LAÇOS DE CASAMENTO.

Para finalizar tenho certeza que, além de ser meu refúgio nos momentos de tempestade, a Literatura foi a bonança da minha vida. Por que ela me deu tudo. Primeiro, comecei a acreditar em mim mesmo e que eu tinha valor. Com o tempo, conheci pessoas maravilhosas e muito talentosas, me tornando melhor amigo de uma delas. Por fim, aprendi a enfrentar as dificuldades que cruzavam o meu caminho por um sonho de levar meus escritos para pessoas que precisavam.

Depois desse meu depoimento, eu te pergunto: qual é o seu refúgio?

 


Guinho e eu criamos a hashtag #Qualoseurefugio para trazer positividade diante tanta maldade e tristeza presente no mundo, no dia a dia. Queremos que você se sinta abraçado(a) por nossas palavras e veja que não está sozinho(a). Estamos juntos nessa batalha para ser feliz, e vamos enfrentar tudo isso juntos! <3

Sobre o blogueiro: Com 30 anos, Guinho Monteiro, nascido em Taubaté – capital da literatura infantil -, ainda guarda sua alma de menino sonhador. Além de escritor e professor de português, tenta fotografar nas horas vagas e também é responsável por um blog, onde divulga autores nacionais. Apesar de escrever há 15 anos, apenas publicou seu primeiro livro “Laços de Casamento” em 2015. Desde então, vem tentando mostrar seu lado gentil e bom através dos personagens e histórias que cria.

Blog Presente Dos Livros: https://guinhomonteiro1987.blogspot.com.br/

Fan-Page: https://www.facebook.com/igormonteiroguinho263/

Instagram: @igormonteiroguinho