Lifestyle

Graça no jeito de falar

graça-no-jeito-de-falar-ideias-da-fe

O moço da loja me olhou com uma cara de “ué” esperando uma resposta. Mas achei graça do jeito dele falar. Em algum tempo distante eu já tinha ouvido a mesma frase, de uma maneira pejorativa, mas ali, naquele tom de voz não trazia aquela sensação se ser engraçado ou sincero de fato. 

Incrível como o tom de voz tem capacidade de revelar o que passa na nossa alma, e quais intenções de fato, existe na nossa mente. E muitas das vezes nem sequer percebemos essa “abertura” que temos, e que damos as pessoas. Admiro os atores e atrizes por conseguirem fazer vir à tona toda uma leva de sentimentos, e em questão de 50 minutos arrancarem suspiros e fazer nosso coração parar, nos levando a sentir também, toda a história e  toda a emoção por trás da história. 

Eu não sei se você é como eu, mas não me conformo com metades. Então reprimir sentimentos não é muito minha cara. Fica estampado em  todo meu ser quando algo está fora do lugar, e quando aquilo mexeu comigo. Não consigo sorrir e dizer que está tudo bem, naturalmente. E o que sempre me entrega é justamente o tom de voz. Muitas da vezes baixo e seco. 

Algo fica entalado na garganta como se me prendesse e impedisse que minha voz saia como normalmente. E então, hoje não foi diferente. Apenas ensaiei um pequeno sorriso ao vendedor e segui pela rua movimentada. 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply